Saturday, April 09, 2011

São 4 da madruga e eu acabei de acordar. É claro que n consigo mais dormir, aquele aperto enooooooooooooorme no meu coração me deixa nem respirar. O sonho quem me fez acordar foi estranho, como todo sonho é claro, mas esse de agora me deixou intrigada por tudo que simbolozava, foi assim:
Estava numa casa, uma casa antiga, tipo assombrada. E eu tava nessa casa como se tivesse assisntindo uma aula, ou estivesse lá pra aprender algo, logo em seguida a aula era de como exorcizar as pessoas, o ato era simples, mas quando acabava o "professor" falava pra gente andar olhando pra baixo, pq a gente podia se deparar com algum demônio e caso isso acontecesse a gente ia ficar traumatizado o resto da vida pq a feiura deles não doia nos olhos, doia na alma. Em seguida estava numa sala de aula com vários "alunos", então pergunto pra ele se nós já podiamos olhar ao redor e ele responde que sim, ele disse que agora os demônios estavam desfarçados e a gente podia ver. Acho que depois vinha o recreio desse curso estranho, pq a próxima cena eu estava numa quadra e eu estava numa arquibancada com um pessoal e lá em baixo estava rolando um show muito iraaaaaaaado, bastante psicodélico, as músicas cantavam alegria e positividade e eu vibrava com a galera. Do nada peguei meu celular e comecei a ver umas fotos minhas e eu estava horrível nas fotos, parecia um demônio, apaguei todas morrendo de vergonha. O show acabou, foi massa, o cara da banda derramou um balde gigante de água e eu achei lindo. Do outro lado da plateia alguém gritou: Eu quero daaaaaaaaaark caseiro!!! Aí eu falava: Eu prefiro prog dark. Então eu e o pessoal começamos a discutir sobre o prog dark até que uma menina disse que gostova pq parecia com a música do jogo do mário, EU PIREI! Ficamos conversando freneticamente sobre dark, prog, video games e mário... Então ela puxou um palitos do bolso e disse: Vamos brincar?!
Eu e o pessoal que tava comigo aceitamos e quando olhei melhor vi que os palitos eram canetas e todas eram verdes. Ela pediu pra q cada um escolhesse uma caneta, eu, escolhi uma que era única, era uma caneta estilo lapisera que quando vc gira a ponta some ou aparece, só que a ponta era vermelha e pra aparecer eu tinha que girar e girando novamente a ponta sumia deixando a caneta somente verde. Quando todo mundo ja tava com suas canetas ela pergunta: O que essas canetas significam pra vocês??? Eu penso muito coisa em um segundo, o fato da ponta vermelha sumir como se fosse engolida pelo corpo verde me fez pensar em: castração, podação... Várias coisas do tipo, mas aí olhei melhor e vi que a parte verde era o suporte que a ponta vermelha tinha crescer aí eu pensei numa palavra, na palavra : APRENDIZADO! E eu acordei..

No comments: