Thursday, March 12, 2009


Não, você não me ama, se me amasse não teria cuspido aquelas verdades cruas na minha cara lavada. Não teria feito rolar em meu rosto lágrimas que mais pareciam ácido, mas um ácido tão poderoso que me corroeu a alma. E a dor continua aqui dentro, doendo tanto e quanto e quando, que não consigo comparar com nada vivido antes, nenhuma dor vivida antes. A decepção de descobrir que todo amor que uma mulher pode sentir é facilmente trocado por milhares de aventuras com milhares de outras mulheres.

2 comments:

quem te faz tomar sorvete num dia frio said...

vc merece ser feliz e nada mais do que ser feliz!

adorei o poema!
bjoos cheios de saudade

Anonymous said...

Amei o texto! =)
Amo vc , e obrigada pelo amor de volta!